Thiago Zavaschi R2 www.zavaschi.com

1Jun/091

Repostagem – Surface Area Configuration (SAC) no SQL Server 2008

Segue mais uma repostagem do blog antigo!

Surface Area Configuration no SQL Server 2008 ?

O SQL Server Surface Area Configuration (SAC), presente no SQL server 2005, responsável por gerenciar serviços (conexões remotas, protocolos, etc.) e features não está mais presente no SQL Server 2008.

Aí cabe a pergunta:

“Ok Thiago, eu sei que muitas coisas que eu fazia com o SAC eu poderia fazer no Configuration Manager, mas e se eu quiser habilitar as features, tarefa que eu fazia no SAC?”

No SQL Server 2008 é bastante simples, para isso usamos as Facetas (Facets).
A maneira mais de alterá-las é através do SQL Server Management Studio.

Segue o passo a passo:

1. Clique com o botão direito no nome da instância (na janela do object Explorer) e selecione “Facets”.

2. Na janela “View Facets”, em Facet, selecione “Surface Area Configuration”.

3. Pronto, agora basta habilitar as features desejadas, como por exemplo a integração com o CLR.

Lembrando que também é possível alterar essas configurações através das system stored procedures, como a sp_configure!

E só para complementar o post, segue as principais diferenças entre o SQL Server Configuration Manager e o Surface Area Configuration para o SQL Server 2005:

Recurso

Surface Area Configuration

Configuration Manager

Iniciar e parar serviços SIM SIM
Ativar e desativar recursos SIM NÃO
Configura clientes da rede NÃO SIM
Configurar clientes nativos NÃO SIM
Gerenciar conexões remotas SIM SIM
Cria apelidos na rede (os famosos Alias) NÃO SIM
Configurar apelidos locais NÃO SIM
Mudar endereços TCP/IP NÃO SIM

 

É isso pessoal, abraços!
Thiago Zavaschi

Comments (1) Trackbacks (0)
  1. Muito bom Thiago, mas ainda tenho um problema.
    Eu criei uma trigger de logon e agora não consigo mais conectar no servidor. Não tenho mais o servidor registrado para eu clicar com o botão direito ir até as facets e habilitar o DAC para desabilitar a trigger via linha de comando. Conhece outra forma de fazer isso? Abraço!


Leave a comment


No trackbacks yet.