Thiago Zavaschi R2 www.zavaschi.com

29Nov/091

Novidades do SQL Server 2008 R2 – Parte II – PowerPivot – Conceitos

Então pessoal, continuado a série de posts sobre as novidades do SQL Server 2008 R2 temos o PowerPivot (anteriormente conhecido como projeto “Gemini”)!

O post de hoje é dedicado a alguns conceitos importantes que devemos conhecer para facilitar o trabalho com este novo recurso. A fonte prioritária das informações é o Books Online do CTP de Novembro do SQL Server 2008 R2.

O principal conceito por trás do PowerPivot é o self-service BI, ou seja, “BI feito por você mesmo”, parece difícil? Vou provar que não!

Como disse, hoje veremos os conceitos relacionados (a grande maioria deles não irei arricar uma tradução, pois poderia soar incorreto), segue então a lista:

Power Pivot workbook and PowerPivot Data

Um PowerPivot workbook é um arquivo de workbook do Microsoft Excel 2010 (.xlsx) que contém os dados do PowerPivot. Os dados do PowerPivot é uma fonte de dados (datasource) do Analysis Services que é criado através do Microsoft SQL Server PowerPivot for Excel. O PowerPivot for Excel é um add-in que extende as capacidades do Excel permitindo assim trabalhar com grandes quantidades de dados e com dados multidimensionais. O plugin também traz uma nova janela ao Excel, onde as funcionalidades extras são inclusas.

Estes workbooks do Excel podem juntar dados de diferentes fontes (arquivos de textos, bases de dados do Microfot Access, Relatórios do Reporting Services, Web Services, entre outros).

A camada de apresentação (front-end) fornecida pelo PowerPivot é o próprio Excel, mas com algumas formas novas de mostrar e analizar os dados: PivotTables, PivotCharts, Slicers e etc. (você conhecerá mais sobre estes elementos nos próximos posts).

PowerPivot for Sharepoint

O PowerPivot para Sharepoint (versão 2010) é a integração do Microsoft Sharepoint Server 2010 com o mesmo. É uma feature do SQL Server 2008 R2, e é necessário caso você quira visualizar os dados no SharePoint. Lembrando que é possível fazer deploy dos seus dados PowerPivot para o Sharepoint e os mesmos permanecem no documento postado no Sharepoint. O PowerPivot para SharePoin 2010 compõe: serviços, infraestrutura, dashboards, web parts, templates de bibliotecas, entre outros.

VertiPaq

O SQL Server 2008 R2 apresenta a primeira versão do modo VertiPaq para Analysis Services. No release de novembro, o VertiPaq está disponível apenas no PowerPivot for Sharepoint, nas instâncias do Analysis Services que estão instaladas com o serviço do PowerPivot no servidor de Sharepoint.

Mas o que é o VertiPaq? O VertiPaq é um armazenador de dados em memória que permite o rápido processamento de quantidades muito grandes de dados. O alto desempenho também é acompanhado de compressão de dados.

PowerPivot System Service

O PowerPivot System Service é a infraestrutura do SharePoint para o Analysis Services em farm. As operações relacionadas incluem: ficar escutando solicitações dos dados do PowerPivot (listener), estabelecer as conexões para as solicitações dos dados do PowerPivot na farm, estabelecer conexões às instâncias do Analysis Services que “carregam” e “descarregam” os dados do PowerPivot nos servidores do SharePoint, coletar dados de uso, e monitorar a “saúde” e disponibilidade das instâncias do Analysis Services na farm.

O PowerPivot System Service é instalado através  do PowerPivot for SharePoint. É instalado juntamente com uma instância do Analysis Services. E está disponível através de um ou mais serviços que você define.

PowerPivot Service Application

Define uma instância configurável e independente do PowerPivot System Service. Roda no contexto de segurança do uma aplicação web no SharePoint. Seu objetivo é permitir configurações independentes do mesmo serviço físico. Isso permite você isolar dados de serviço da aplicação e as várias configurações para diferentes aplicações web no SharePoint que consomem os mesmos recursos.

PowerPivot Application Database

É uma base de dados interna que armazena dados de configuração, informações de conexões, estado do servidor, e agenda informação para operações de atualização de dados. Cada PowerPivot service application uma uma base de dados dedicada para armazenar seus dados.

PowerPivot Web Service and PowerPivot Managed Extension

O PowerPivot web service é uma fina camada intermediária de um gerenciador de conexões que roda com um frontend web. Coordena as trocas entre as aplicações clientes e as instâncias do PowerPivot for SharePoint na farm.

O PowerPivot managed extension é um assembly na biblioteca cliente do provider OLE DB (Analysis Services) que é instalado nas estações de trabalho através do PowerPivot for Excel, e nos servidores de aplicação quando você instala o PowerPivot for SharePoint. Em relação às conexões gerenciadas, ambos possuem as mesmas funções e características.

Self-service Business Inteligence

Serf-service BI é o fato de usar as ferramentas analíticas no Microsoft Excel 2010 e a capacidade de criação de um site e gerência de documentos no SharePoint que possibilite aos analistas de negócio criar e compartilhar as solu;cões de Business Inteligence.

--

Bom pessoal, essa foi uma tradução (e pequena adaptação) livre dos conceitos que temos relacionados ao PwerPivot disponível no Books Online até o presente momento.

Não podemos continuar nossa série sobre PowerPivot sem antes entendermos todos os conceitos por trás do mesmo.

No próximo post sobre PowerPivot trarei o passo-a-passo necessário para a intalação do PowerPivot for Excel! Aguardem!

Espero que tenham gostado. Grande abraço,
Thiago Zavaschi